Como atingir seus objetivos mais ambiciosos? - Oinc
oinc_blog

Como atingir seus objetivos mais ambiciosos?

Atingir nossos objetivos, especialmente os mais ambiciosos, não é uma missão simples. 

Às vezes até os objetivos que parecem menos ambiciosos, como conseguir acordar 1 hora mais cedo, parecem missões difíceis de serem alcançadas. 

 

Falta motivação? Organização? Acreditar? 

 

Nesta palestra do Ted Talk (com mais de 10 milhões de visualizações) que dá nome ao post de hoje, Stephen Duneier, conta que enfrentava problemas para alcançar seus objetivos. 

 

Veja aqui: 

E como ele resolveu isso? 

Fazendo “ajustes marginais” na sua rotina. 

Nos 17 minutos de palestra – que no final você vai querer levantar e ir logo aprender um idioma que você sempre disse que queria saber falar – Stephen conta que quando jovem não conseguia fazer uma atividade por mais de 5-10 minutos, o que era frustrante. 

Ele tinha pouco foco e concentração. Por isso, começou a “dividir” suas tarefas para conseguir alcançá-las. 

Foi assim que passou de um estudante abaixo da média para um estudante com ótimas notas. E foi assim também que ele conseguiu sucesso em sua carreira e alcançou seus objetivos pessoais.

Fazendo um ajuste para otimizar as horas que gastava diariamente indo para o trabalho, conseguiu aprender alemão. 

Isso, com um pequeno ajuste na sua rotina – o ajuste marginal – de excluir as músicas do seu Ipod e só ter audiobooks de alemão, e escutá-los todo dia, indo e voltando do trabalho, durante um ano. 

Assim como também aprendeu a pilotar helicóptero, fazer parkour, completou as 33 trilhas das Montanhas de Santa Bárbara. E, – o mais impressionante talvez – conseguiu aprender a fazer tricô e crochê e entrou para o Guinness com o maior quadrado de crochê do mundo em 2016.  

A mensagem do Ted Talk: 

Todas essas conquistas foram resoluções de ano novo. Ambiciosos objetivos pessoais que ele decidiu fazer no presente ao invés de esperar para fazer quando se aposentasse. 

No Ted Talk, Stephen enfatiza que esses “ajustes marginais” na rotina diária podem melhorar o processo de tomada de decisões, que podem resultar em mudanças duradouras. 

É aquela pequena decisão de sair do Instagram e ir ler uma palavra de um livro, e depois mais outra, e outra. 

Ou, por exemplo, levantar do sofá e colocar seu tênis para fazer uma caminhada e no dia seguinte fazer a mesma coisa, e no final do ano conseguir correr uma maratona

O foco não deve ser o resultado final, mas como chegar lá. As pequenas decisões e ajustes até atingir seu objetivo final. 

Claro, tudo isso exige muita disciplina, principalmente no início. Mas isso se torna mais fácil e controlável se o foco no momento é “colocar o tênis e sair”, e não nos 21 quilômetros que você quer correr daqui 10 meses. 

A palestra não dá uma fórmula mágica para “como fazer 33 trilhas em um ano” nem foca nos desafios que podem aparecer no meio do caminho.

Mas, mostra de forma clara, o princípio que guia a mudança de rotina para atingir um novo objetivo: se manter focado em dar cada pequeno passo para atingir um objetivo maior.

A mesma lógica que ele aplica para atingir as resoluções pessoais de ler 50 livros por ano, aprender alemão, fazer uma maratona, você também pode usar em seus objetivos pessoais, profissionais e financeiros. 

Por que não? 

Ter sua própria casa! Conhecer a Itália! Parecem objetivos ambiciosos demais para sua realidade hoje? Comece com pouco! 

Um pequeno esforço de conseguir guardar R$2,00 por dia no seu Oinc, por exemplo, que você acaba percebendo que não está sendo tão difícil assim, e começa a guardar R$3,00…melhor ainda, de forma automática, assim você não tem que ativamente lembrar que precisa guardar dinheiro. 

E em seguida, com o tempo, começa a perceber que você consegue guardar mais ainda se se organizar no início do mês, por exemplo… quando chegar no final do ano, você já vai estar vendo ótimos resultados…, mas não vai parar por aí! 

Vai continuar fazendo seus “ajustes marginais” até conseguir atingir seus objetivos mais ambiciosos! 

O ano é 2022…

Já estamos na reta final de 2021. E se você não tem o hábito de fazer listas de objetivos para alcançar no ano ou uma lista com suas metas de vida, que tal começar a pensar nela para 2022?

Que tal pensar nos ajustes que cabem no seu dia a dia para dar pequenos passos?

Porque, como vimos, dividir o percurso em frações menores, para conseguir alcançar esses objetivos ambiciosos é algo que vale ser tentado. 

Para facilitar, podemos usar uma regra de ouro para começar a colocar o método em prática: 

Planeje, divida e conquiste. 

  1. Estabeleça seu objetivo final e se você tem um prazo para ele.
  2. Pense na sua rotina. O que você pode realmente fazer no seu dia a dia para atingir seu objetivo? (guardar 2 reais por dia? ler 10 páginas de um livro antes de dormir?). 
  3. Coloque em prática o que você pode fazer no dia-a-dia e vá descobrindo seus “atalhos”, quais escolhas precisam ser priorizadas, quais ajustes você pode fazer para otimizar o que você tem feito para alcançar sua meta. 

Uma dica final: Anote seu objetivo, anote seu planejamento e quem sabe até seu propósito. Eles vão ser bons guias se você se perder na rotina ou precisar recalcular seu percurso.

Compartilhe esse conteúdo!

Inscreva-se para receber novidades

Entre na nossa lista de email para receber posts assim que saírem