Isso te faz gastar mais dinheiro (mas pode te fazer economizar também) - Oinc
oinc_blog

Isso te faz gastar mais dinheiro (mas pode te fazer economizar também)

Lidar com finanças envolve um princípio comportamental. Sua relação com o dinheiro envolve ações e não-ações. Vamos aos exemplos nesse post:

Por Tiago Azevedo, do Universo da Psicologia

 

Considere duas situações diferentes:

Situação A) Você quer chocolate. Você precisa ir ao mercado comprar. Antes disso, você precisa ir ao banheiro, escovar os dentes, trocar de roupa e arrumar o cabelo.

Você precisa sair de casa, descer oito andares de escada porque o elevador está quebrado, ir ao ponto de ônibus, esperar 30 minutos, pegar o ônibus, ficar em pé o trajeto todo e finalmente chegar ao mercado.

No mercado você vai precisar tirar dinheiro no caixa eletrônico. Mas tem fila. Você espera, tira o dinheiro, pega o chocolate e vai pra fila do caixa do mercado. Finalmente – agora sim – você pode comer seu tão desejado chocolate. Mas ainda precisa voltar para casa, depois de mais 30 minutos de espera do ônibus, 20 minutos de trajeto em pé no ônibus e de subir os oito andares de escada.

Situação B) Você quer chocolate. Tem chocolate no armário da sua cozinha. Você só precisa se levantar e pegar.

 

Em qual situação você tem mais chances de comer chocolate?

Existem muitos fatores que afetam nosso comportamento. Podemos resumir muitos em um princípio: quanto menor o custo da ação, maior é a probabilidade dela acontecer.

E você já viu um exemplo disso:

Ir até a cozinha é uma ação com custo muito menor do que ir ao mercado com escadas, ônibus e caixas eletrônicos no caminho entre você e seu chocolate.

Logo…se o esforço para pegar o chocolate diminui, a chance de você comê-lo aumenta.

E o que isso tem a ver com dinheiro? Tudo.

Como te falei, isso é um princípio comportamental. Sua relação com o dinheiro envolve ações e não-ações. Vamos aos exemplos:

Situação A) Você vai comprar algo online. Depois de escolher, você precisa criar um cadastro no site, preencher formulários enormes e dolorosamente entediantes, gerar um boleto, ir a um caixa eletrônico e pagá-lo.

Situação B) Você entra no site e já está logado na sua conta. Você clica no botão de compra e pronto.

Em qual situação você acha mais provável gastar dinheiro?

Sim, na B.

A Amazon, por exemplo, instalou há anos um sistema do tipo “comprar com 1 clique”. Com certeza esse sistema evitou que ela perdesse vários milhões porque menos pessoas desistiram no meio do caminho (sério, você já viu como existem formulários dolorosamente entediantes? Eu sofro só de ver).

Um problema disso é: muita gente perde muito dinheiro por causa desse princípio.

O que podemos fazer, então?

Esse princípio é uma tendência natural do nosso corpo, não tem como fugir. Porém, sabendo dele, você pode usá-lo para evitar gasto excessivo do seu dinheiro, e mais: você pode usá-lo para economizar ainda mais dinheiro.

Vamos lá de novo:

Situação A) Você precisa tirar seu dinheiro no caixa. Você vai até lá, enfrenta escada, ônibus, fila e finalmente obtém o tão precioso dinheiro. 

Mas agora bateu cansaço, fome, você passa em frente a um mercado e…olha aquela Nutella ali!”. Extremamente apetitoso, concordo. Mas… você sabe quanto tá o preço da Nutella?

Daí você chega em casa, com o sangue cheio de açúcar e a cabeça cheia de culpa. “Eu não deveria ter comprado aquela Nutella… :/”

Depois de gastar alguns milhões na Nutella, sobram algumas poucas moedas para você colocar no seu cofrinho.

Situação B) seu dinheiro é guardado automaticamente, antes mesmo de passar pela sua mão.

Em qual situação você tem mais chances de guardar dinheiro?

Na B. Até porque você nem precisa gastar tempo e energia para fazer isso.

Desse modo, um sistema automático de economia de dinheiro como o que a Oinc oferece usa o princípio comportamental a seu favor. E, convenhamos…o porquinho da Oinc é show! 

Essa é uma das melhores formas de mudar seu próprio comportamento: mudando o que afeta seu comportamento.

O dinheiro é essencial para nossa sobrevivência e economizar é fundamental para ter mais tranquilidade e bem-estar. Nossa vida financeira muitas vezes é problemática, mas, felizmente, podemos aprender como assumir o controle das nossas próprias ações, do nosso dinheiro e da nossa vida.

Compartilhe esse conteúdo!

Inscreva-se para receber novidades

Entre na nossa lista de email para receber posts assim que saírem