O que é bem-estar financeiro? - Oinc
oinc_blog

O que é bem-estar financeiro?

Provavelmente, durante a pandemia você ouviu muito a expressão “wellness” ou “bem-estar”.

Essa expressão é muito usada quando falamos da nossa saúde mental e física, e o que podemos fazer para termos uma vida mais equilibrada, saudável e feliz. 

Uma rotina com hábitos que promovem o nosso bem-estar, é com certeza o objetivo de muitas pessoas e isso passa, claro, pelas finanças pessoais. 

Objetivamente, o termo bem-estar financeiro é definido pelo Consumer Financial Protection Bureau (CFPB) como “ter segurança financeira e liberdade financeira de escolha, no presente e no futuro”. 

Mas, dependendo da realidade de cada um, a definição de bem-estar, e de se sentir bem com suas finanças, é um conceito mais subjetivo. 

Para uns o bem-estar financeiro é estar com o nome limpo e as dívidas todas quitadas, para outros, o bem-estar financeiro é conseguir fazer sobrar para tirar férias todo ano. 

Esse conceito, traz reflexões importantes sobre algumas máximas com as quais crescemos, que impactam na nossa dinâmica de trabalho e como lidamos com alguns dos nossos objetivos de vida. “Ganhar mais” ou “Ganhar bem” não necessariamente significa estar bem com o seu dinheiro. 

A definição do financial wellness, nos dá um norte, uma direção dos objetivos finais. E assim, podemos avaliar os hábitos e mudanças que serão necessários para melhorar nosso relacionamento com o dinheiro, que tem uma forte e importante dimensão emocional. 

Sempre falamos por aqui que cuidar das nossas finanças é um ato de autocuidado, e isso é a mais pura verdade.

Construir o bem-estar financeiro está nas escolhas e hábitos do dia-a-dia e objetivos de curto e longo prazo, que são para você e te fazem sentir bem com você mesmo(a) do presente e futuro.
 

Assim como o bem-estar físico, que envolve se alimentar melhor e ter uma rotina de exercícios, o bem-estar financeiro abrange rotinas e comportamentos que fazem você se sentir mais satisfeito com sua situação financeira: seja se sentindo seguro com seu futuro financeiro ou pagando contas em dia. E, claro, ser capaz de comprar coisas que você gosta, desde férias até uma tarde de mimos no shopping. 

Alguns hábitos podem te ajudar a estabelecer uma dinâmica saudável com dinheiro e a promover o bem-estar financeiro, seja qual for a sua definição particular do ele seja:

Gastar com Sabedoria e dentro de suas possibilidades

Isso envolve pagar os boletos em dia e saber o que é prioridade com o seu dinheiro. No fim do dia isso é um exercício de autocontrole e saber quando ele precisa ser “ativado” para não gastar todo o salário com Delivery até a metade do mês. 

Ter metas financeiras e um plano financeiro para o seu futuro

Isso te ajuda a pensar de forma objetiva o que precisa ser feito no presente, para ter o que você deseja no futuro. Ter metas é objetificar seus sonhos, torná-los mais tangíveis e fazer uma avaliação do que, sendo realista, você pode fazer hoje para alcançá-los. 

Ter metas claras, criar prazos e orçamento, ou seja, ter um planejamento, pode não ser um tópico sexy, mas com certeza, é uma organização inicial necessária para as coisas acontecerem. 

Fazer uma Reserva de Emergência

Fizemos um guia aqui no Blog para te ajudar a construir uma.

Ela é muito importante para te dar segurança de que quando tiver dias ruins, você criou sua proteção e está mais preparado(a) para enfrentar o desafio que surgiu. Seja perder o emprego, ter um vazamento de água em casa, o desespero é menor quando você cria uma proteção para o “você do futuro” que pode passar por perrengues.
 

Entender como as suas emoções afetam o seu dinheiro

Isso é um exercício contínuo de autoconhecimento que vem da prática, reflexão, leitura e também comunicação. 

É saber como as suas emoções estão afetando a forma que você gasta e vê seu dinheiro. 

Quais são as dores e quais são os gatilhos, por exemplo, que te fazem gastar por impulso e como você pode lidar com isso da melhor maneira para estar bem. 

Poder aproveitar o que você construiu

Okay, precisa ter controle na hora de gastar, precisa planejar o futuro de longo prazo, mas precisa também ter espaço para se mimar, se divertir e gastar o dinheiro com coisas que te dão prazer. 

Isso é bem-estar, não é ? Se você está trabalhando duro, pagando as coisas, planejando o futuro, você merece separar um dinheiro para fazer algo legal por você. 

Seja comemorar as pequenas vitórias, comer em um restaurante badalado que você sempre quis ir, comprar umas blusinhas novas, um jogo novo… Crie espaço no seu orçamento para guardar para essas “metas menores” e aproveitar o dinheiro que você trabalhou duro para ter. Tudo com equilíbrio para não comprometer os outros âmbitos da sua vida financeira. 

E, um lembrete importante: Seja paciente com você. Mudar nossos hábitos, construir novas rotinas e adotar uma perspectiva diferente para um assunto que a gente já lida rotineiramente é um desafio. É uma maratona, não um sprint.
 

Então, se lidar com dinheiro não é um assunto fácil para você, você merece parabéns de ter dado o passo de ler esse artigo e esperamos que te ajude na reflexão sobre o que é bem-estar financeiro para você e a organizar o que você precisa fazer no seu dia-a-dia para alcançá-lo. 

Compartilhe esse conteúdo!

Inscreva-se para receber novidades

Entre na nossa lista de email para receber posts assim que saírem